Rock Gardens

Um jardim diferente e com um design mais arrojado é sempre uma proposta interessante para qualquer espaço verde público ou privado. Os rock gardens, por exemplo, são soluções alternativas ideais quer para criar cenários aparentemente naturais e integrados no meio envolvente quer para zonas de talude onde não há água e para terrenos inclinados de fraca estabilidade, em que é preciso garantir uma correta sustentação e fixação dos solos no sentido de prevenir desmoronamentos.

Como tal, os rock gardens são geralmente constituídos por plantas autóctones, bem como por diversos tipos de pedras (seixo rolado, calhau, pedra, seixos de várias cores…), de cascas de pinheiro, de areia e de troncos.

Além de não parecerem construídos pelo homem, estes jardins têm ainda a vantagem de reduzir os custos de manutenção, pois as plantas e árvores habitualmente usadas não precisam de grandes quantidades de água.

Se pretender um jardim de baixa manutenção pode optar por uma solução com gravilhas e seixos. Considerados já uma tendência, para espaços de pequenas e grandes dimensões, este tipo de jardins podem integrar materiais como saibro, areia, gravilha, seixo, pedras, brita e plantas como cactos ou gramíneas, com baixa necessidade hídrica. Destas combinações de produtos, cores e formas resultam espaços simples, funcionais, confortáveis e agradáveis.

Consulte a nossa galeria para ver exemplos de alguns dos rock gardens que já desenvolvemos.
Ver galeria

© Copyright - Sograma | Powered by WebSystems

Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo. Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa www.centroarbitragemlisboa.pt.
Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt